quinta-feira, 7 de julho de 2011

Reformulações

( Departure of the Winged Ship do pintor russo Vladimir Kush via beautiful life


A vida é só uma, é a frase que mais tenho ouvido. Que fiz eu dela até agora? Nada de relevante, é a resposta que me surge tão espontâneamente que logo aí me demonstra tudo o que preciso saber. Vejo os navios e tanto os tenho desejado... Prestes passam. E eu sofro de os ver partir. 

Reformulando:

A vida é só uma, é a frase que mais tenho ouvido. Que vou eu fazer dela agora? Vou viver! Ser quem nunca fui!, é a resposta que me surge tão instantaneamente que me tira até o fôlego. Nenhum dos navios ficará por apanhar. E as borboletas, gotejando sangue e suor, seguirão os meus passos, neste jogo de cintura entre as ondas da vida e do sonho.

Sem comentários:

Enviar um comentário